BIG DATA

BIG DATA

Diego Bonilla e Rodolfo Mata

2019

México

Instalação

Curta

Neste poema generativo (editado por um programa de computador), o termo Big Data refere-se à enorme coleta de informações pessoais comunicadas on-line e seu processamento para fins comerciais. A combinação entre a coleta maciça de dados pessoais e o processamento estatístico subsequente, com ênfase nas estatísticas inferenciais para alcançar objetivos persuasivos (como os de publicidade e comunicação política), levará a uma realidade terrível. O poema não é linear, é um poema que se regenera de maneira diferente cada vez que um programa é executado. O seqüenciamento das linhas do poema foi desenvolvido para obter sempre, em cada regeneração, estruturas gramaticais e semânticas apropriadas (em espanhol).

trailer/teaser pode não estar disponível

dados da obra

duração

min

variável

país

México

ano

2019

classificação indicativa

Livre

premiere

Crocker Art Museum in Sacramento, California, USA (Oct-Nov 2019)
Première Brasileira, 4° Festival ECRÃ

gênero

Nova Mídia

Diego Bonilla e Rodolfo Mata

ESTÁTICO APÓS O VERÃO_ARTIST - Allison+C

dados no Festival ECRÃ

edição

4° Festival ECRÃ

data e hora

20-30 agosto

onde passou

online

presença do artista

galeria

mais informações

anterior

próxima

Realização

Apoiadores

17352871_10210621582089828_631891833_n.j
MAM+Cinemateca65anos_preto.png