top of page

CARTAS DE ARAPUCA

Cartas de Arapuca

Paulo Pontes

Brasil

2023

Videoarte

Curta-Metragem

Cartas de Arapuca traça um percurso de bicicleta pelas veredas e estradas da cidade do Conde, na Paraíba. No fluxo, dimensiona muros e guaritas que dão contorno à exploração imobiliária. Ao aproximar do turismo, faz uma conexão com documentos do Conde da década de 70, que retomam paisagens das lutas de pescadores e agricultores pela permanência na terra. Na companhia de siris e formigas, o filme-carta inventa um mundo com as imagens, desviando do roteiro para acionar processos criativos por meio de brincadeiras que abrem a câmera ao acaso.

informações gerais

edição

8° Festival ECRÃ

data e

hora

Cinemateca do MAM, Estação NET Botafogo, Streaming do ECRÃ

27-30/06/2024
04-07/07/2024

15h-20h
24h por dia

presença do artista no Festival ECRÃ

Presença do realizador em Mesa Redonda, verifar a programação

duração em min

13

estreia

Festival de Trancoso, Brasil, 2023

classificação

indicativa

L / Free for all audiences / Livre Para Todos Os Públicos

trailer

festivais onde passou

tags

tags

Paulo Pontes

Paulo Pontes (1997) é nascido e criado na Parahyba, com raízes familiares no Curimataú paraibano; em 2018, mudou-se para Recife, onde fez a graduação de Cinema na UFPE. Atua nas áreas de direção e produção executiva, além de incursões no campo dos cinemas expandidos, em que investiga os entre-lugares acionados pelos fluxos e deslocamentos íntimos e comunitários das cidades que vive e transita.
Nesse universo, assina a direção e produção da videodança Cidade Coreográfica (2019), estreada no Festival Internacional de Videodança do RS. A direção do curta Entre Muros (2020), que compõe o longa-metragem 70 Olhares Sobre Direitos Humanos, produzido pelo Instituto Cultura em Movimento - RJ. Atuou como assistente de direção na obra seriada para TV, Drag Ataque, produzida pela Plano 9 Produções. Além de experiências como o Exercício Ka’a, em 2022, como proposta do curador Allan Yzumizaw, resultando em exposição no Paço das Artes, em São Paulo. Em 2023 foi premiado com o filme Cartas de Arapuca como Melhor Filme Curta Experimental no Festival de Cinema de Trancoso na BA.

mais informações

bottom of page