Curupira, bicho do mato

Curupira, bicho do mato

Félix Blume

Brasil, França

2018

Videoarte

Curta-Metragem

Bem no coração da Amazônia, os habitantes de Tauary nos convidam a ouvir os sons da selva, dos pássaros e dos animais. O filme nos leva em busca de um ser estranho: uma reflexão sobre os mitos e seu lugar no mundo contemporâneo. É um thriller de som no meio da selva.

informações gerais

edição

5° Festival ECRÃ

venues

Online

data e hora

duração em min

35

premiere

Berlinale 2019

classificação indicativa

L / Free for all audiences / Livre Para Todos Os Públicos

trailer/teaser/trecho

conversa/bate-papo

tags

aventura, docuficção, documentário-híbrido, ecologia, mitologia, som

Félix Blume

Félix Blume é artista sonoro e engenheiro de som. Ele usa o som como material básico em peças sonoras, vídeos, ações e instalações.

mais informações