LIMINAL

Liminal

Lav Diaz, Manuela De Laborde, Óscar Enriquez, Philippe Grandrieux

México, França, Filipinas

2020

Filme

Longa-Metragem

Uma comissão da FICUNAM para quatro diretores, Liminal busca brincar com as afinidades poéticas entre o cinema e a música. Movendo-se entre diferenças estéticas e geracionais, os cineastas exploram essa relação por meio de quatro histórias distintas quanto ao contexto e ao imaginário.

informações gerais

edição

venues

FICUNAM

duração em min

65

data e hora

premiere

Première Brasileira 5° Festival ECRÃ

classificação indicativa

16

conversa/bate-papo

tags

sombras, experimental, horror, corpo

trailer/teaser/trecho

Lav Diaz, Manuela De Laborde, Óscar Enriquez, Philippe Grandrieux

Lav Diaz
Artista multifacetado, produziu filmes que imediatamente entraram para a história do cinema. Exibiu filmes em grandes festivais como Rotterdam, Veneza e Toronto como Evolução de uma família Filipina, Melancolia e Estação do Diabo.

Manuela de Laborde
Residente da Cidade do México o trabalho de Laborde envolve pesquisas para localizar e isolar os conceitos que são acumulados em torno de itens tangíveis.

Óscar Énriquez
Arquiteto pelo Instituto Superior de Arquitectura e Design de Chihuahua (ISAD), 2009. Foi selecionado como parte da primeira geração Oficina da Mantarraya Producciones da qual ele se graduou com o curta chamado “Mila”', que obteve menção honrosa no Festival de Morelia. Phillipe Grandrieux
Grandrieux divide o seu tempo com trabalhos para o canal Arte, filmes experimentais e documentários. A filmografia de Grandrieux já é uma referência para compreender os desvios mais radicais do cinema narrativo.

mais informações