TE VEJO EM MEUS SONHOS

SEE YOU IN MY DREAMS

Shun Ikezoe

Japão

2020

Filme

Curta-Metragem

Na hora que você acordar, talvez ela já tenha ido embora-- Para mim, “mãe” significa minha avó, que me criou com afeto inestimável. Ela está gradualmente morrendo. Pensei que iria me arrepender para sempre se não ouvisse a história de minha avó, então comecei a ir a sua casa e gravar suas vozes de pouco a pouco desde o verão de dois anos atrás. Ela me contou sobre a história de seu primeiro romance.
Ela ficou pior no início do último ano. Vejo que ela agora fala como se sua memória se esvaísse, “Ela está agora sonhando memórias”, diz meu pai.
Naquele tempo, a casa que eu vivia com ela estava prestes a se perder. Mixei a voz das suas memórias e a respiração da casa como uma trilha sonora. E então, filmei a sequência de sonho em 8mm. Ouvi falar que “o sonho que você vê de manhã é uma mensagem da terra pura (como um paraíso segundo o Budismo)”, mas que tipo de mundo é esse puro? Que tipo de sonho minha avó tem? Esse filme é dedicado para a minha “mãe” avó.

informações gerais

edição

5° Festival ECRÃ

venues

Online

data e hora

duração em min

18

premiere

classificação indicativa

conversa/bate-papo

tags

trailer/teaser/trecho

Shun Ikezoe

Shun Ikezoe nasceu em 1988, em Kagawa. Ele reúne as vozes individuais (memórias) e as reconstrói como vozes universais (consciência). Seu primeiro filme Jujuba (2018), sobre sua vida com sua madrasta chinesa, foi exibido em festivais nacionais e internacionais. Te vejo em meus sonhos (2020), feito a partir da voz de sua avó que o criou, foi selecionado para o 31o Festival Internacional de Cinema de Marseille.
https://www.shunikezoe.com

mais informações